O São Paulo já começa a planejar a próxima temporada após ter conquistado o título da Copa do Brasil e, consequentemente, garantido a vaga para a Libertadores. Oito jogadores do elenco comandado por Dorival Júnior possuem contrato com o clube válido somente até o fim do ano, e a diretoria tricolor precisará definir quem permanecerá em 2024.

Fato é que a maioria desses jogadores com contrato prestes a expirar deve deixar o São Paulo ao fim do ano. A diretoria pretende manter alguns deles, até porque há titulares de Dorival Júnior nesse grupo, mas outros terão de tomar novos rumos.

Felipe Alves: o goleiro perdeu espaço desde a chegada de Dorival Júnior, passando a não ser relacionado para a maior parte dos jogos do São Paulo. Em 2024 Felipe Alves será agente livre, podendo acertar com qualquer clube após seu vínculo com o Fortaleza, que o emprestou ao Tricolor, chegar ao fim.

Erison: o centroavante foi contratado para ser uma opção a Jonathan Calleri, entretanto, sofreu bastante com lesões musculares ao longo da temporada, não tendo a sequência que gostaria para mostrar seu futebol no São Paulo. É outro nome que não deve permanecer no clube em 2024.

Alexandre Pato: o atacante, recuperado de uma grave lesão no joelho, assinou um contrato de produtividade com o São Paulo, mas não convenceu Dorival Júnior que está no mesmo nível de seus companheiros, tendo poucas oportunidades em campo. Pato também tende a deixar o Tricolor ao fim do ano.

Caio Paulista: o lateral-esquerdo foi contratado por empréstimo como uma aposta e rapidamente se converteu em titular absoluto do São Paulo. Hoje, é unanimidade entre os torcedores, e a diretoria exercerá a opção de compra de R$ 20 milhões para tê-lo em definitivo.

Lucas Moura: o ídolo são-paulino já admitiu que tem a intenção de seguir no clube após a conquista da Copa do Brasil para disputar a Libertadores. Agora a diretoria precisa chegar a um novo acordo com o empresário de Lucas Moura para acertar um contrato maior, provavelmente de três anos. Será o primeiro grande reforço do Tricolor para 2024.

Marcos Paulo: o meia-atacante não permaneceria no São Paulo por não ter conseguido ganhar espaço com Rogério Ceni e, posteriormente, Dorival Júnior. Porém, como sofreu uma lesão ligamentar no joelho, Marcos Paulo pode continuar no clube para completar seu tratamento antes de se reapresentar ao Atlético de Madrid. Não fosse o problema físico, o atleta não seguiria no Morumbi.

Walce: o zagueiro revelado em Cotia também tem contrato somente até o fim da atual temporada. Depois de três anos fora dos gramados por causa de sérias lesões no joelho, ele voltou a atuar em 2023 pelo Juventude, mas retornou de empréstimo alegando dores na região. Novamente recuperado, ele treina normalmente com o elenco. Seu futuro, no entanto, é uma incógnita. Há a possibilidade de o São Paulo renovar com Walce e emprestá-lo novamente.

David: acionado com frequência por Dorival Júnior, o atacante se mostrou uma opção interessante contra adversários mais físicos por reunir força e velocidade. Embora não seja um dos protagonistas do elenco, é bem-visto pela comissão técnica. O São Paulo pode tentar estender seu empréstimo para mais uma temporada. Resta saber se o Internacional aceitará a proposta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *