Em desvantagem nos dois mata-matas que disputará, o São Paulo inicia nesta quinta-feira uma semana que definirá os objetivos da equipe no restante da temporada.

O primeiro jogo será nesta quinta-feira, no Morumbi, contra o San Lorenzo, pelas oitavas de final Copa Sul-Americana, e o segundo na próxima quarta, outra vez em casa, contra o Corinthians, pela semifinal da Copa do Brasil.

Nos dois casos, o São Paulo precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para avançar às próximas fases, já que foi derrotado nos jogos de ida – 1 a 0 para o San Lorenzo, 2 a 1 para o Corinthians. Se o Tricolor vencer por um gol de diferença, os regulamentos das duas copas preveem disputa por pênaltis.

Esse momento decisivo da equipe se contrapõe à fase atual do time, que não vence há cinco partidas – são quatro derrotas.

No último domingo, após a derrota em casa para o Atlético-MG, pelo Brasileiro, o técnico Dorival Júnior admitiu preocupação, mas tentou minimizar:

– Não temos feitos jogos ruins, mas temos pecado nas finalizações. Temos tido posse de bola, variações, tentado criar, mas encontrando dificuldade nas finalizações. Tem acontecido, assim como na última partida aqui no Morumbi, não transformado as possibilidades em gol – afirmou.

As copas se tornaram as possibilidades de títulos para o São Paulo na temporada, já que o Brasileiro parece fora de alcance – o Botafogo, líder, tem 18 pontos a mais do que os tricolores, que estão na nona posição.

Além das taças, os dois torneios têm outros atrativos que podem definir, também, o que o São Paulo fará na próxima temporada.

Ambos dão ao campeão uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores, competição que o São Paulo não joga desde 2021. Uma eventual eliminação nas copas deixará o Brasileirão como o único caminho restante.

Há, também, as premiações. Passar às quartas da Sul-Americana garante R$ 3 milhões ao clube, valor que sobe a R$ 3,8 milhões na semifinal. Na decisão, o vice leva R$ 9,6 milhões, o campeão fica com R$ 24 milhões.

A Copa do Brasil paga ainda mais: se chegar à final, o São Paulo embolsará pelo menos R$ 30 milhões, valor pago ao vice. Se for campeão, mais que dobra o prêmio: R$ 70 milhões.

São valores com os quais a diretoria conta até para rejeitar propostas de clubes estrangeiros por seus jogadores nesse período de janela de transferência aberta na Europa.

O técnico Dorival Júnior não terá James Rodríguez e Lucas Moura contra o San Lorenzo, nesta quinta, já que eles foram registrados após o prazo de inscrições para as oitavas de final – eles poderão jogar as quartas, se o São Paulo avançar.

Ambos, porém, serão reforços contra o Corinthians, no dia 16 de agosto.

Entre as partidas contra San Lorenzo e Corinthians, o São Paulo encara o Flamengo, domingo, no Maracanã, pelo Brasileiro. É provável que Dorival poupe jogadores no Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *