O São Paulo não caprichou na pontaria, viu o goleiro Marcos Felipe inspirado no Morumbi e ficou apenas no empate sem gols com o Bahia, em duelo válido pela 17ª rodada do Brasileirão.

A equipe de Dorival Jr chega ao terceiro jogo consecutivo sem vencer e fica na 8ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro, dois pontos atrás do Bragantino, primeiro time no G6. Já a equipe de Renato Paiva chega aos 15 pontos, mas segue sendo o primeiro time na zona do rebaixamento.

Cinco lances que marcaram a partida

>!NESTOR CHUTA FOFO! Nos primeiros 15 minutos, Nestor teve três chances claras para abrir o placar, mas pecou no capricho. O meia quase fez um gol digno de Puskas, mas carimbou a trave.

> !DVD MALTRATA A GORDUCHINHA! Dominando a partida, o Corinthians saiu na frente com um golaço de fora da área de Maycon, mas o destaque foi o tapa de letra “nojento” de Renato Augusto na jogada.

>!TORCIDA PEDE PATO! Incomodados com as chances perdidas, parte da torcida do São Paulo pediu a entrada de Pato no segundo tempo, e Lucas Silvestre, assistente de Dorival Jr, atendeu o chamado na metade do segundo tempo.

> !JACARÉ MORDE MAS NÃO ASSUSTA! Em raro momento no qual o Bahia foi ao ataque, Vitor Jacaré recebeu ótimo passe dentro e da área, deslocou Rafael e mandou para as redes. Mas o atacante estava muuuito impedido.

>!MILAGRES NOS ACRÉSCIMOS! O goleiro do Bahia fez um espetáculo de defesa após cabeceio de Arboleda na área. Rafael também deixou sua marca nos minutos finais com uma linda defesa em finalização de Cauly.

Como foi o primeiro tempo?

O São Paulo dominou as ações no primeiro tempo e desperdiçou diversas oportunidades para abrir o placar. O Tricolor pressionava e encontrava espaços na defesa do Bahia, que pouco ameaçou o goleiro Rafael. Nestor e David foram os responsáveis pelas melhores chances do São Paulo na primeira etapa.

E a etapa final?

O São Paulo não diminuiu o ímpeto ofensivo na etapa final, mas esbarrou nos mesmos problemas do primeiro tempo, errando nas finalizações. O Bahia mostrou tímida melhora defensiva e chegou a fazer um gol, mas o bandeira corretamente viu impedimento de Jacaré. O nome da partida foi o goleiro da equipe nordestina, Marcos Felipe, evitando uma goleada do São Paulo.

O que vem por aí?

O próximo compromisso do São Paulo é na quinta-feira (3), contra o San Lorenzo, pela partida de ida das oitavas de final da Sul-Americana, na Argentina. Já o Bahia volta a campo apenas no dia 6, contra o América-MG, pelo Brasileirão, em Belo Horizonte.

SÃO PAULO 0 x 0 BAHIA
CAMPEONATO BRASILEIRO – 17ª RODADA

Data e hora: 30/07/2023 (domingo), às 11 horas (de Brasília)
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (FIFA-SC)
Auxiliares: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Igor Junio Benevenutto de Oliveira (FIFA-MG)
Público e renda: 56.078 / R$3.968.358,00

Cartões amarelos: – (SPO); Matheus Bahia, Gilberto, Gabriel Xavier, Rafael Ratão (BAH)
Cartões vermelhos: –

GOLS: –

SÃO PAULO
Rafael; Rafinha, Arboleda, Beraldo e Caio Paulista (Wellington, aos 38′ do 2ºT); Pablo Maia, Alisson (Rodriguinho, aos 38′ do 2ºT) e Nestor (Michel Araújo, aos 21′ do 2ºT); Wellington Rato (Pato, aos 21′ do 2ºT), David e Erison (Juan, aos 23′ do 1ºT)
Técnico: Lucas Silvestre

BAHIA
Marcos Felipe; Gilberto, Gabriel Xavier, Vitor Hugo e Matheus Bahia (Cailo Candido, aos 38′ do 2ºT); Nicolás Acevedo, Rezende (Rafael Ratão, aos 17′ do 2ºT) e Cauly; Ademir, Thaciano (Raul Gustavo, aos 38′ do 2ºT) e Vinícius Mingotti (Jacaré, aos 17′ do 2ºT). Técnico: Renato Paiva (J, aos 38′ do 2ºT) (J, aos 38′ do 2ºT)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *