O zagueiro Arboleda atingiu uma marca expressiva no empate do São Paulo com o Santos, no último domingo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. Titular absoluto da equipe, o defensor completou 250 jogos pelo clube.

Desde 2017 no Tricolor, o equatoriano fez sua estreia justamente em um clássico contra o Peixe. Naquele dia, ele marcou o primeiro de seus 18 gols com a camisa são-paulina. De lá para cá, foram mais seis temporadas pela equipe do Morumbi.

Em meio à algumas polêmicas, como quando apareceu em uma foto com um uniforme do rival Palmeiras, no Equador, aos poucos o jogador se firmou e virou peça incontestável na defesa tricolor. Ele também foi alvo de críticas depois de ser visto em festas durante a pandemia do vírus covid-19, além de faltar a um treino.

Em 2023, Arboleda disputou 38 partidas pela equipe de Dorival Júnior, com um gol marcado. Ele também faturou sua segunda taça pelo clube: a inédita Copa do Brasil. Em 2021, ele já havia vencido o título do Paulistão.

Nesta temporada, ele formou dupla de zaga com o jovem Beraldo, da base do São Paulo. Líder da equipe, o zagueiro tornou-se um dos símbolos de um período de reconstrução do clube. O defensor foi do “lixo ao luxo”, já que em 2017, seu primeiro ano no time, o Tricolor chegou a brigar contra o rebaixamento.

Depois de se recuperar de uma lesão na coxa, Arboleda voltou a ser titular do São Paulo nos últimos jogos e deve terminar este ano como um dos principais jogadores da equipe.

Em situação confortável na tabela, o Tricolor volta a campo após a data Fifa, no próximo dia 22, contra o Fluminense. A partida está agendada para as 21h30 (de Brasília), no Maracanã, em duelo atrasado pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *