O São Paulo venceu o Talleres nesta quarta-feira, por 2 a 0, no Morumbi, pela última rodada da primeira fase da Copa Libertadores, graças aos gols de Lucas, de pênalti, e Luciano. Com o resultado, o Tricolor avançou às oitavas de final da competição como líder do Grupo B, desbancando o rival argentino, que perdeu sua invencibilidade no torneio, da ponta da tabela.

O São Paulo entrou em campo precisando de uma simples vitória para assumir a primeira colocação da chave, já que figurava com dez pontos, enquanto o Talleres tinha 13. O resultado fez o Tricolor igualar os argentinos na pontuação, mas ultrapassá-los no saldo de gols.

A classificação como líder do grupo era importante para o São Paulo enfrentar nas oitavas de final um adversário teoricamente mais fraco, já que o sorteio colocará frente a frente os primeiros contra os segundos colocados das chaves, além de ter a vantagem de atuar em casa na partida de volta do mata-mata.

O São Paulo volta a entrar em campo no próximo domingo, novamente no Morumbis, contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro. Já o sorteio das oitavas de final da Libertadores ainda não tem data definida, uma vez que o Grêmio possui jogos atrasados devido às enchentes no Rio Grande do Sul.

O jogo

O Talleres foi quem teve a primeira grande chance na partida. Aos 20 minutos, Depietri recebeu cruzamento da esquerda no segundo pau e completou de primeira, obrigando Rafael a fazer grande defesa com os pés para evitar o primeiro gol do jogo.

O São Paulo respondeu aos 28, quando Alisson deu belo passe em profundidade para Welington, que cruzou rasteiro para Luciano. O atacante do São Paulo bateu de primeira, mas acabou isolando.

Pênalti para o Tricolor

Depois disso o primeiro tempo não contou com outras fortes emoções até os 43 minutos, quando Rodrigo Nestor foi derrubado por Depietri dentro da área ao adiantar a bola e ganhar na corrida. O árbitro não titubeou e marcou pênalti do jogador do Talleres. Lucas foi para a cobrança e viu o goleiro Herrera defender.

O juiz colombiano Jhon Ospina, no entanto, mandou voltar a cobrança pelo fato de Herrera ter se adiantado. Aos 49 minutos Lucas novamente bateu e desta vez não desperdiçou, abrindo o placar para o São Paulo.

Calleri entra no 2ºT

Em vantagem no placar, o São Paulo fez sua primeira substituição logo aos 12 minutos do segundo tempo. Jonathan Calleri, recuperado de uma lesão na panturrilha direita, entrou na vaga do garoto Juan.

Após a entrada do centroavante do São Paulo, o time quase ampliou sua vantagem, mas com Luciano. Rodrigo Nestor fez o desarme já no campo de ataque, arrancou pela esquerda e cruzou rasteiro para o camisa 10 chegar batendo de primeira, mas mandou por cima do travessão após desvio da defesa.

Talleres tenta o empate

Em desvantagem, o Talleres passou a ocupar mais o campo de ataque conforme o tempo foi passando. O sistema defensivo do São Paulo, porém, se manteve sólido para não dar brechas ao adversário, obrigado a arriscar chutes de longa distância na esperança de vencer Rafael, sem sucesso.

Igor Vinícius quase amplia

Aos 39 minutos do segundo tempo o São Paulo teve uma chance de ouro para ampliar o placar e selar a vitória. Alisson deu belo passe em profundidade para Igor Vinícius, que dominou dentro da área e bateu cruzado, mas tirou demais do goleiro, mandando à direita da trave.

Michel Araújo também fica no “quase”

Pouco antes do apito final, o São Paulo ainda teve uma última oportunidade para estufar as redes. Aos 42 minutos Erick deu bom passe para Calleri, que chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para o meio da área, onde apareceu Michel Araújo, que não conseguiu completar para o fundo das redes, vendo a bola passar por todo mundo.

Luciano marca um golaço

Mas, quando todos já se conformavam com a magra vitória, Luciano se encarregou de marcar um golaço ao soltar uma bomba de fora da área, sem chances para Herrera, garantindo o tão sonhado triunfo e a liderança do Grupo B da Libertadores ao São Paulo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 TALLERES-ARG

Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 29 de maio de 2024, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Jhon Ospina (COL)
Assistentes: David Fuentes (COL) e Mayra Sanches (COL)
VAR: Nicolas Gallo (COL)

Público: 56.162 torcedores
Renda: R$ 5.153.140,00

Gols: Lucas, aos 49 do 1ºT, e Luciano, aos 44 do 2ºT (São Paulo)
Cartões amarelos: Welington, Calleri (São Paulo); Barticciotto, Portilla, Lucas Suárez (Talleres)
Cartão vermelho: Navarro (Talleres)

SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius, Arboleda, Alan Franco e Welington (Patryck); Bobadilla (Luiz Gustavo), Alisson e Lucas (Michel Araújo); Luciano, Rodrigo Nestor (Erick) e Juan (Calleri).
Técnico: Luis Zubeldía.

TALLERES: Guido Herrera; Gastón Benavídez, Kevin Mantilla, Lucas Suárez (Nahuel Bustos) e Miguel Navarro; Juan Portillo, Juan Portilla (Galarza) e Valentín Depietri (Martínez); Bruno Barticciotto (Botta), Federico Girotti e Ramón Sosa.
Técnico: Walter Ribonetto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!