O empate com o Cuiabá, em casa, no último domingo, fez com que o São Paulo complete três Brasileiros consecutivos sem alcançar pelo menos metade dos pontos possíveis.

Com 47 pontos, na 10ª posição, a equipe pode chegar a no máximo 56 – se vencer todos os três jogos que restam –, um aproveitamento de 49%.

Desde que o torneio passou a ser disputado em pontos corridos, em 2003, essa será a oitava vez que o São Paulo tem aproveitamento inferior a 50%, e a primeira em que isso acontece por três temporadas seguidas – o clube foi tricampeão entre 2006 e 2008.

Nesses últimos anos, o time precisou lidar com riscos de rebaixamento, especialmente em 2021.

Numa temporada atípica, impactada pela pandemia de Covid-19, o São Paulo priorizou a disputa do Campeonato Paulista, que começou três dias depois do fim do Brasileiro de 2020 – que liderou até perto do fim, mas perdeu.

A diretoria comandada por Julio Casares, recém-empossada, queria o título estadual para encerrar o jejum de mais de oito anos sem novas taças no Morumbi, o que aconteceu. A decisão, porém, impactou no restante do ano. Os atletas não tiveram férias, lesões se acumularam, e a equipe sofreu.

O São Paulo só se livrou da degola na penúltima rodada do Brasileiro de 2021, com 48 pontos, na pior campanha do clube no torneio de pontos corridos.

No ano seguinte, o São Paulo deu preferência às disputas da Copa do Brasil e da Sul-Americana. Na primeira, caiu nas semifinais, enquanto na segunda foi derrotado na decisão pelo Independiente Del Valle.

Em 2022, com Rogério Ceni, o fantasma do rebaixamento rondou o Morumbi, mas não foi tão assustador. A equipe até se aproximou de conquistar uma vaga na Libertadores, mas os 54 pontos e a nona posição foram insuficientes.

Escolhas semelhantes impactaram também na atual edição do Brasileiro – dessa vez, porém, elas deram resultado, e o São Paulo foi campeão da Copa do Brasil pela primeira vez.

Enquanto conseguiu lidar com os três torneios ao mesmo tempo – teve também a Sul-Americana, com eliminação nas quartas de final –, o time esteve na parte alta da tabela do Brasileiro, chegando ao G-4 após a 15ª rodada.

Com a opção de poupar titulares para as copas, entretanto, a equipe caiu de produção – esteve na 13ª colocação na 22ª rodada. Até agora, não ganhou um único jogo como visitante.

Nas últimas dez partidas no Brasileiro, e com vaga assegurada na Libertadores de 2024, o São Paulo tem três vitórias. A seis pontos da zona de rebaixamento, há risco, mas ele é pequeno.

O time ainda enfrenta Bahia (fora), Atlético-MG (fora) e Flamengo (em casa).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *