Passadas as dez primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, o São Paulo de Dorival Júnior acumula números bastante semelhantes aos de Rogério Ceni no ano passado, considerando o mesmo período da competição.

Em 2022, Rogério Ceni conquistou três vitórias, seis empates e sofreu apenas uma derrota nos primeiros dez jogos do Campeonato Brasileiro – aproveitamento de 50% -, figurando na sexta colocação da tabela.

Já em 2023, o Tricolor aparece na oitava posição após as dez primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, com quatro vitórias, três empates e três derrotas, além dos mesmos 50% de aproveitamento do ano passado.

A questão é que o Tricolor estreou no Brasileirão deste ano ainda sob o comando de Rogério Ceni. Dorival Júnior assumiu o São Paulo na segunda rodada, sem ter a oportunidade de trabalhar com seu elenco em uma pré-temporada e com a missão de elevar o desempenho da equipe no curto prazo.

Considerando apenas as partidas do Campeonato Brasileiro que Dorival Júnior esteve à frente do São Paulo (9), o aproveitamento do atual comandante tricolor é de 55,5%. Já Rogério Ceni tinha um aproveitamento de 51,8% após as nove primeiras rodadas da competição em 2022.

Em 2022, o São Paulo marcou 16 gols, sofreu 12 e teve uma média de 55% de posse de bola após as dez primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Já em 2023 o Tricolor balançou as redes 15 vezes foi vazado em 11 oportunidades e teve uma média de 60% de posse de bola.

Agora, durante a Data Fifa de junho, Dorival Júnior terá a oportunidade de trabalhar mais a fundo com o elenco, realizando uma espécie de intertemporada, já que o São Paulo terá um intervalo de dez dias sem partidas oficiais. Resta saber se o atual comandante tricolor fará a equipe evoluir ainda mais e superar o desempenho do time quando Rogério Ceni era o treinador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *