O início de ano do São Paulo é marcado por título e quebra de tabu, porém também pela eliminação precoce no Campeonato Paulista. As situações distintas se devem ao desempenho do Tricolor em campo, que possui bons números ofensivos, mas que também sofre defensivamente.

Nos 14 jogos que disputou em 2024, o São Paulo marcou 21 gols e não balançou as redes em apenas três partidas. De contraponto, o time de Thiago Carpini possui dificuldades defensivas e foi vazado 13 vezes.

Os primeiros jogos do São Paulo na temporada mostraram uma equipe mais segura defensivamente e letal no ataque. Contudo, a situação começa a tomar um rumo diferente após a vitória contra o Água Santa.

De lá pra cá, o São Paulo entrou em campo oito vezes e foi vazado em 10 oportunidades, sendo que a equipe sofreu dois gols em um único jogo em três partidas diferentes.

Neste período, o Tricolor Paulista venceu dois jogos, perdeu dois e empatou quatro vezes. A única partida em que o time não sofreu gols foi contra a Inter de Limeira, vencida pela equipe por 3 a 0.

O início de Thiago Carpini era visto com bons olhos pela maioria da torcida tricolor. A equipe pôs fim ao longo tabu contra o Corinthians na Neo Química Arena e conquistou o título da Supercopa diante do Palmeiras. Até a derrota para a Ponte Preta, primeira do comandante, o São Paulo havia vencido quatro jogos e empatado dois.

Após ser eliminado pelo Novorizontino nas quartas de final do Campeonato Paulista, o Tricolor foca na estreia da Copa Libertadores, contra o Talleres, no dia 4 de abril (quinta-feira), em Córdoba, na Argentina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *