Artilheiros do São Paulo na temporada, com nove gols cada, Luciano e Calleri são desfalques para o duelo contra o Bahia, no próximo domingo, às 11h (de Brasília), no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. A dupla cumprirá suspensão por acúmulo de cartões amarelos.

Desta maneira, duas vagas estão abertas no ataque para as inúmeras opções que tem o técnico Dorival Júnior, também suspenso do confronto após ter sido expulso contra o Cuiabá, na rodada passada.

O mais cotado para iniciar jogando na vaga de Calleri é o garoto Juan. O centroavante revelado nas categorias de base entrou na vaga do argentino durante o duelo contra o Corinthians, na última terça, e recebeu elogios do treinador.

A outra vaga, porém, é concorrida. David, Alexandre Pato, Erison e Marcos Paulo brigam por ela e terão três dias de treinamento para mostrar a Dorival que podem assumir tal posto.

David sai na frente na disputa por causa da parte física e dos gols marcados recentemente, diante do Palmeiras e Santos. O atacante elevou o moral com o treinador e pode ganhar nova chance entre os 11 iniciais.

Aos 34 min do 2º tempo – gol de dentro da área de David do São Paulo contra o Santos

Pato e Erison, por sua vez, têm tido seus minutos mais dosados pela comissão técnica são-paulina. Ambos voltaram recentemente de lesões e não estão com as melhores condições físicas. Na última terça, Dorival explicou a decisão de não usar nenhum dos dois na vaga de Calleri, quando este saiu machucado logo no início do clássico contra o Corinthians.

– O Erison está voltando agora, não dá para arriscar. Poderia jogar 60 minutos, e a lesão do Calleri foi aos 24. Era a terceira partida dele desde que voltou da lesão. Naquele momento era o jogador (Juan) para entrar, foi bem, não foi mal não – afirmou o técnico.

– O Pato está na condição do Erison, está voltando. E eu falei lá atrás: “Não criem expectativa com quem está voltando”. Se tivéssemos um campeonato que pudéssemos pensar… Cada jogo é mais competitivo que o outro, tendo que fazer resultado o tempo todo – acrescentou.

A escalação dos dois passará muito pela resposta física que eles darão até o dia do jogo.

Por fim, Marcos Paulo corre por fora na disputa. O jogador foi titular contra o Cuiabá, no último sábado, mas não foi bem e acumulou mais uma apresentação ruim. Contra o Corinthians ele nem sequer saiu do banco.

Diante do Bahia, o treinador pode realizar mais mudanças em outros setores do campo. No Brasileirão, Dorival tem feito alguns rodízios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *