O São Paulo jogou mal e perdeu para a LDU (EQU) por 2 a 1, no jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana, no estádio Casa Blanca. Os gols da LDU foram marcados por Jhojan Julio, logo aos três minutos de jogo, e Renato Ibarra, aos 25 minutos da primeira etapa. O gol do Tricolor foi marcado por Lucas Moura no fim da segunda etapa.

Com esse placar, o São Paulo terá de vencer o jogo de volta, no Morumbi, por pelo menos dois gols de diferença. Caso vença a partida por apenas um gol de vantagem, a vaga será decidida em disputa de pênaltis.

CINCO LANCES QUE MARCARAM A PARTIDA:
> JÁ ESTÁ VALENDO? O relógio mal marcava 2 minutos de jogo e a LDU já abriu o placar em jogada individual de Jhojan Julio. O atacante invadiu a área passando por três defensores do São Paulo (Rafinha, Arboleda e Beraldo) e finalizou de cavadinha para superar Rafael. Golaço!

> CAVOU DE NOVO! Aos 26 minutos, Julio recebeu livre pelo centro novamente, arrancou com a bola dominada e achou um passe enfiado entre os dois zagueiros do São Paulo. Ibarra fez o facão e finalizou, de novo de cavadinha, para ampliar o placar em favor dos equatorianos.

> CRUYFF OU JULIO? Entre Johan Cruyff e Jhojan Julio existem alguns anos (e um pouquinho de genialidade) de diferença. E por mais que não haja comparação entre os dois, o atacante da LDU fez o que quis para cima da defesa do São Paulo. Rafinha e Arboleda sofreram no primeiro tempo…

> PREOCUPAÇÃO! Ainda no primeiro tempo, após uma dividida com Ibarra, o zagueiro Lucas Beraldo sofreu uma torção na perna esquerda e saiu com dores. Em seu lugar, entrou Alan Franco.

> ELE DECIDE! A LDU bem que tentou esfriar o jogo, mas faltou combinar com Lucas Moura, que recebeu belo passe enfiado de Luciano e finalizou na saída do goleiro Domínguez, para diminuir o placar e manter o São Paulo vivo no confronto.

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?
Um gol no início sempre condiciona o restante do jogo, mas não foi exatamente o que aconteceu no duelo entre LDU e São Paulo. Com o time espaçado tanto no ataque como na defesa, o Tricolor acabou sofrendo para trocar passes e sofreu com o jogo físico da LDU, que recuperava a bola e já verticalizava as jogadas. Em 25 minutos, já estava 2 a 0 para os equatorianos e o São Paulo ainda não sabia o que fazer no jogo.

E A ETAPA FINAL?
Graças ao placar confortável, a LDU reduziu o ritmo e Dorival começou a fazer algumas alterações para tentar mudar o panorama do jogo. O São Paulo até melhorou individualmente, mas o time ainda não teve o domínio esperado. O tempo foi passando e a LDU bem que tentou esfriar o jogo, no embalo da torcida. Mas Lucas Moura apareceu no fim da segunda etapa para diminuir o placar e manter viva a esperança tricolor.

O QUE VEM POR AÍ?
São Paulo e LDU decidem quem fica com a vaga nas semifinais da Sul-Americana na próxima quinta-feira (31), às 19 horas (de Brasília), no Morumbi. Antes disso, o Tricolor visita o América-MG pela 21ª rodada do Brasileirão. O duelo pelo campeonato nacional está marcado para o próximo dia 27 (domingo), às 16 horas, na Arena Independência.

FICHA TÉCNICA
LDU (EQU) 2 x 1 SÃO PAULO
Local: Estádio Casa Blanca, em Quito (EQU)
Data e hora: 24/08/2023 (quinta-feira), às 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Jhon Ospina (COL)
Assistentes: Dionisio Ruiz (COL) e Jhon Leon (COL)
VAR: Jhon Perdomo (COL
Público e renda: não divulgados
Cartões amarelos: Sebastián González (40’/2ºT) para a LDU; Rafinha (12’/1ºT), Lucas Beraldo (46’/1ºT) e Luan (32’/2ºT) para o São Paulo.
Cartões vermelhos: –
Gols: Jhojan Julio (3’/1ºT) (1-0), Renato Ibarra (25’/1ºT) (2-0). Lucas Moura (36’/2ºT) (2-1).

LDU: Alexander Domínguez; José Quintero, Ricardo Adé, Facundo Rodríguez e Leonel Quiñonez; Mauricio Martínez (Alexander Alvarado, aos 32’/2ºT), Ezequiel Piovi (Jefferson Valverde, aos 43’/2ºT) e Sebastián González (Óscar Zambrano, aos 43’/2ºT); Renato Ibarra (Lisandro Alzugaray, aos 15’/2ºT), Jhojan Julio e Paolo Guerrero (Jose Enrique Angulo, aos 32’/2ºT)

SÃO PAULO: Rafael; Rafinha, Robert Arboleda, Lucas Beraldo (Alan Franco, aos 49’/1ºT) e Welington; Gabriel Neves (Alan Franco, intervalo), Alisson (James Rodríguez, aos 32’/2ºT), Rodrigo Nestor (Michel Araújo, aos 18’/2ºT) e Wellington Rato (Luciano, aos 18’/2ºT); Lucas Moura e Calleri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *