O São Paulo recebe o Talleres nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbis, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Ambas as equipes já estão classificadas às oitavas de final, mas a partida vale a liderança do Grupo B.

Terminar a primeira fase como líder de seu grupo é importante para, teoricamente, enfrentar um adversário mais fraco nas oitavas de final, já que os primeiros colocados enfrentarão os segundos colocados no primeiro estágio do mata-mata da Libertadores.

Atualmente o Talleres é o líder do Grupo B, com 13 pontos, seguido pelo São Paulo, com dez. Para desbancar os argentinos da ponta da tabela, basta ao Tricolor uma vitória simples, que o faria igualar o rival na pontuação, mas ultrapassá-lo no saldo de gols.

Para essa partida há a expectativa de que Jonathan Calleri retorne ao time titular. O camisa 9 do São Paulo desfalcou a equipe nos últimos três compromissos para tratar uma lesão na panturrilha direita.

Os desfalques do São Paulo são: Rafinha (fratura na fíbula esquerda), Wellington Rato (aprimora a forma física após lesão no tornozelo esquerdo) e Pablo Maia (cirurgia para reinserção do tendão conjunto do semitendíneo e bíceps femoral da coxa esquerda).

O Talleres, por sua vez, ainda não perdeu desde a última que enfrentou o São Paulo, na Argentina. O clube de Córdoba soma, desde então, cinco vitórias e quatro empates.

Para o confronto no Morumbis o Talleres não terá à disposição Marcos Portillo, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, e Ulisses Ortegoza (entorse no joelho direito).

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X TALLERES

Local: Morumbis, em São Paulo
Data: 29 de maio de 2024, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Jhon Ospina (COL)
Assistentes: David Fuentes (COL) e Mayra Sanchez (COL)
VAR: Nicolas Gallo (COL)

SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius, Arboleda, Alan Franco e Welington; Bobadilla, Alisson e Lucas; Luciano, Ferreirinha e Calleri.
Técnico: Luis Zubeldía.

TALLERES: Guido Herrera; Gastón Benavídez, Catalán, Lucas Suárez e Miguel Navarro; Juan Portillo, Juan Portilla e Rúben Botta; Valentín Depietri, Federico Girotti e Ramón Sosa.
Técnico: Walter Ribonetto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!