O São Paulo venceu o Corinthians por 2 a 1 na noite desta terça-feira, em Itaquera, pela 4ª rodada do Campeonato Paulista. Com gols de Calleri e Luiz Gustavo, o Tricolor Paulista bateu o rival pela primeira vez na história de Itaquera. O Corinthians, comandado por Mano Menezes, foi às redes com Arthur Sousa, mas chegou à terceira derrota seguida no Estadual.

A invencibilidade do Corinthians contra o São Paulo em sua casa durou 18 partidas e quase 10 anos, desde a inauguração do estádio. No retrospecto recente do Majestoso, o Tricolor chegou à terceira vitória seguida contra o Timão, somando todas as competições.

Com a derrota, o Corinthians segue na terceira colocação do grupo C do Estadual, com três pontos conquistados. O São Paulo, por sua vez, vai para 10 pontos, liderando o grupo D do torneio.

Na próxima rodada do Estadual, o Corinthians recebe o Grêmio Novorizontino no sábado (4), às 11 horas (de Brasília). Já o São Paulo vai enfrentar o Água Santa no dia 7 (quarta-feira), no Morumbi, às 21h35. No final de semana, o Tricolor terá pela frente o Palmeiras pela final da Supercopa do Brasil, no Mineirão.

O jogo

O início do Majestoso foi disputado, com estudo de ambas as equipes. A primeira chance da partida foi tricolor, com finalização de Luciano após desvio no “primeiro pau”, em cobrança de escanteio. Aos 19 minutos, o São Paulo inaugurou o placar, com Calleri, que recebeu lançamento de Wellington Rato, venceu a disputa com Félix Torres e deslocou Cássio.

O Corinthians respondeu aos 30 minutos, com cabeçada de Raniele em cobrança de escanteio. O volante subiu sozinho e tirou muito da meta do goleiro Rafael. Apesar da chance criada, os jogadores mandantes “sentiram” o tento marcado pelo rival e se desorganizaram em campo. No minuto 41, Caetano disputou jogada com Luciano e acertou o rosto do camisa 10 tricolor com o braço. O árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo foi ao VAR e, após revisão, expulsou o beque alvinegro.

Já na segunda etapa, não demorou para o São Paulo ampliar o placar. Aos seis minutos, Wellington Rato cobrou escanteio na cabeça de Luiz Gustavo, que, livre no “primeiro pau”, cabeceou sem qualquer chance para Cássio. O Timão quase respondeu logo em seguida com finalização de Yuri Alberto, que acertou a trave de Rafael.

Aos 27 minutos, o Corinthians por muito pouco não descontou, com Wesley. Após bobeada na saída de bola do São Paulo, o jovem ficou em boas condições de marcar, mas parou em Rafael. Quando tudo parecia encaminhado, o Timão descontou no último minuto do tempo regulamentar, com o garoto Arthur Sousa, aproveitando rebote de cobrança de falta cobrada por Hugo.

Mesmo com o tento no final, o Corinthians não teve tempo para buscar o empate e não conseguiu evitar a primeira derrota para o Tricolor em seus domínios.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 2 SÃO PAULO

Local: Neo Química Arena, em São Paulo
Data: 30 de janeiro de 2024, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Danilo Simon Manis e Luiz Alberto Nogueira
VAR: Rodrigo Guarizo do Amaral

Público: 43.481
Renda: R$ 2.488.558,50

Gols: Calleri, aos 19 do 1ºT, Luiz Gustavo, aos 5 do 2ºT (São Paulo); Arthur Sousa, aos 45 do 2ºT (Corinthians)
Cartões amarelos: Alisson, Welington, Calleri (São Paulo); Romero, Raul Gustavo (Corinthians)
Cartão vermelho: Caetano (Corinthians)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Félix Torres, Caetano e Hugo; Raniele (Ryan), Fausto Vera (Raul Gustavo) e Maycon; Rojas (Wesley), Romero (Kayke) e Yuri Alberto (Arthur).
Técnico: Mano Menezes.

SÃO PAULO: Rafael; Rafinha (Moreira), Arboleda, Diego Costa e Welington; Pablo Maia e Alisson (Luiz Gustavo); Wellington Rato (Nikão), Luciano (Ferreirinha) e Lucas (Galoppo); Calleri.
Técnico: Thiago Carpini.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *