O São Paulo concluiu o empréstimo de Jhegson Méndez ao Elche, da Espanha, nesta quinta-feira, dia em que o volante foi anunciado pelo seu novo clube. O equatoriano assinou contrato válido até 30 de junho deste ano e participará da segunda metade da atual temporada europeia.

Sem espaço no São Paulo desde que Rogério Ceni deixou o comando do São Paulo, Jhegson Méndez foi comunicado que não estaria nos planos do clube para 2024, mesmo com a saída de Dorival Júnior para assumir a Seleção Brasileira.

Jhegson Méndez tem contrato com o São Paulo até o fim de 2025. Ele desembarcou no Morumbi no início de 2023, após se destacar na Copa do Mundo do Catar com a seleção equatoriana e seu vínculo com o Orlando City, dos EUA, chegar ao fim.

Livre no mercado, Méndez foi visto como uma grande oportunidade pelo São Paulo. Indicado por Rogério Ceni, o volante chegou ao Tricolor com prestígio, mas, gradativamente, foi caindo de rendimento e passou a ficar de fora até mesmo dos relacionados para os compromissos da equipe.

Pato, Gabriel Neves, Caio Paulista, Erison, David, Marcos Paulo, Jhegson Méndez, Pedro Vilhena, Felipe Alves, Raí Ramos, Walce, Nathan, Talles Costa e Lucas Beraldo são os atletas que fizeram parte do elenco do São Paulo no ano passado e deixaram o clube entre o fim de 2023 e o início da atual temporada.

A ideia da diretoria para 2024 foi de diminuir o elenco, a pedido do próprio técnico Dorival Júnior, que, no fim, acabou deixando o São Paulo para assumir a Seleção Brasileira. Por isso, o clube fez apenas contratações pontuais, quatro até agora: Erick, Ferreirinha, Luiz Gustavo e Damián Bobadilla. O Tricolor também renovou com Lucas Moura, que ficará no Morumbi em definitivo, até 2026.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *