O técnico Dorival Júnior mandou um recado claro para a diretoria do São Paulo na entrevista coletiva do último domingo: mais do que contratações, o treinador espera não perder jogadores do atual elenco na janela de transferências deste meio de temporada. Mas as expectativas do técnico devem ser frustradas.

Isso porque dificilmente o São Paulo conseguirá segurar todos os seus jogadores diante do assédio europeu sobre os principais nomes e também pela necessidade de gerar receita para diminuir as dívidas.

Os jogadores mais indicados a receber ofertas são o volante Pablo Maia e o zagueiro Beraldo. A dupla revelada nas categorias de base está em alta e já desperta os olhares de clubes pelo mundo. Para iniciar qualquer conversa o São Paulo espera ofertas a partir de R$ 80 milhões.

O Tricolor enxerga que Pablo Maia é o jogador mais pronto para uma transferência e, caso chegue uma boa proposta, será difícil segurar. Há também o desejo do jogador em atuar em uma liga forte na Europa, e clubes da Inglaterra surgem como prováveis destinos. Seu contrato vai até dezembro de 2027.

Já Beraldo pode ter uma vida um pouco mais longa no clube por dois fatores: a idade (19 anos) e a porcentagem que o São Paulo tem sobre seus direitos econômicos (60%). Como é uma fatia menor, o Tricolor teria que receber algo bem vantajoso para o liberar. A multa rescisória do zagueiro é de 60 milhões de euros (cerca de R$ 313 milhões), e seu contrato vai até junho de 2026.

Rodrigo Nestor é outro garoto da base que sempre chama a atenção no mercado. O meia, porém, corre por fora em uma possível transferência devido à suas características físicas, que podem não ser tão atrativas para o mercado europeu. No início deste ano, ele iniciou um trabalho extra de força e resistência para ganhar massa.

Por fim, o lateral Nathan também pode se despedir nesta janela de transferências. O lateral-direito tem recebido sondagens, e por conta da falta de espaço com Dorival Júnior, topa negociar.

E os mais experientes?
O São Paulo também corre o risco de perder jogadores mais consagrados e experientes do elenco. Um dos casos é o de Luciano. O atacante recebeu sondagens do Cruz Azul, do México, e do Al-Nassr, da Arábia Saudita, clube em que joga Cristiano Ronaldo.

A reportagem do ge apurou, porém, que Luciano só deixará o Tricolor caso receba uma oferta muito vantajosa financeiramente para ele e para o clube. Identificado com o São Paulo, vive uma das melhores fases da carreira.

Quem também pode receber assédio é Calleri, e o São Paulo monitora supostos interessados. O clube não tem intenção de perder seu camisa 9, e dirigentes afirmam que não há qualquer proposta pelo argentino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *