O São Paulo apresentou um laudo médico para o Comitê Médico da Federação Paulista de Futebol e oficializou nesta segunda-feira uma mudança na lista de inscritos da primeira fase do Paulistão.

Com uma lesão no tendão de Aquiles que deixará o jogador inapto pelo período de quatro a seis semanas, Luiz Gustavo foi retirado da “Lista A” e substituído pelo colombiano James Rodríguez.

Agora registrado no Estadual, o jogador já pode ser relacionado para o duelo contra a Inter de Limeira, quarta-feira, às 21h35, em Brasília, em jogo adiado e válido pela quinta rodada do campeonato.

– Luiz teve essa lesão e o prazo de recuperação passa o período da competição. Vamos tomar as providências para fazer a troca do atleta. Espero que seja reforço para o São Paulo, temos processos aqui dentro e ele será mais um para nos ajudar. Existe uma hierarquia, acima de tudo a instituição, o ambiente, e ele entendeu isso, nunca criou problema, sempre cumprir suas obrigações, tem astral bom. Esperamos que nos ajude em algum momento da competição dentro de campo – disse o técnico Thiago Carpini após o empate por 1 a 1 contra o Guarani, em Campinas.

Essa é uma das brechas que permitem a inscrição de um novo jogador fora do prazo determinado pela FPF, que terminou no último dia 16.

James ainda não jogou na temporada. Com dificuldades físicas, ficou fora das primeiras partidas do ano. Incomodado, chegou a pedir para rescindir contrato, o que foi aceito pelo clube, mas depois reconsiderou.

A decisão de permanecer, entretanto, se deu depois do fim do prazo de inscrições – ele teria que esperar os mata-matas, quando quatro trocas podem ser feitas, para ficar à disposição. A lesão de Luiz Gustavo tende a antecipar esse retorno.

Com James, o São Paulo chega a nove estrangeiros na lista de 26 nomes. Além do colombiano, estão disponíveis Ferraresi (Venezuela), Arboleda (Equador), Alan Franco (Argentina), Galoppo (Argentina), Michel Araújo (Uruguai), Bobadilla (Paraguai), Calleri (Argentina) e Iba Ly (Senegal).

Assim como nos campeonatos da CBF, o Paulistão admite que os clubes relacionem no máximo sete estrangeiros por partida, entre titulares e reservas. Assim, dois sempre ficarão fora da relação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *