O São Paulo contou com um retorno importante no jogo contra o Red Bull Bragantino, no último sábado. Após mais de três meses afastado por lesão, o lateral direito Rafinha voltou a ser relacionado pela equipe.

Rafinha não saiu do banco de reservas e viu o Tricolor bater o Massa Bruta, por 2 a 0, no Morumbis. Embora ele não tenha ido a campo, o retorno do experiente jogador é visto com bons olhos pela comissão técnica de Luis Zubeldía.

A lateral direita se tornou uma dor de cabeça para o São Paulo nesta temporada. O vetarano ala Rafinha, de 38 anos, tem convivido com lesões, assim como o jovem Moreira. Desta forma, Igor Vinícius tem sido a única alternativa para o setor.

Rafinha disputou apenas cinco partidas pelo Tricolor neste ano, quatro como titular. A última delas foi no revés para o Talleres, em Córdoba, pela estreia na Libertadores, há três meses, quando ele sofreu uma fratura na fíbula da perna
esquerda.

Já Moreira até iniciou bem a temporada, mas logo perdeu espaço devido às contusões. Ele foi titular do São Paulo no jogo contra o Cruzeiro, no dia 2 de junho, mas deixou a partida com dores musculares. Ele foi relacionado pelo clube para o jogo seguinte, diante do Internacional, mas depois não voltou a aparecer no banco de reservas.

O São Paulo não informou nenhuma lesão do garoto, mas o próprio técnico da equipe, Zubeldía, afirmou que o atleta voltou a apresentar problemas físicos após o jogo contra o Inter e, por isso, não foi mais relacionado.

Com o retorno de Rafinha, Zubeldía ganha mais uma opção para a função além de Igor Vinícius, titular em 25 das 37 partidas disputadas pelo Tricolor em 2024.

Embora tenha convivido com problemas na lateral direita, o São Paulo não trata a posição como prioridade. O clube busca reforços no mercado para o meio-campo e também na lateral esquerda, já que Welington está perto de assinar um pré-contrato com o Southampton, da Inglaterra, e pode deixar o Tricolor ainda nesta temporada.

No começo do ano, a diretoria são-paulina entendia que a equipe estava bem servida na lateral direita e se desfez de alguns jogadores do setor, como Nathan, que se transferiu ao Bragantino, e Raí Ramos, emprestado ao Ceará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!