Rafinha deixou Itaquera contente, é claro, pela vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians, pelo Campeonato Paulista, mas procurou não dar tanta importância para a quebra do tabu no estádio do rival, embora a torcida do São Paulo tenha comemorado, e muito, o feito.

“Vou ser bem sincero. Feliz por estar voltando a jogar após quase dois meses. Isso pode acontecer. Se não fosse a gente, uma hora ou outra o São Paulo ia ganhar aqui. A gente fica feliz, porque o torcedor queria quebrar esse tabu. Mas, o que adianta? São mais três pontos no Campeonato Paulista. Isso é mais para o torcedor”, disse Rafinha.

Nos últimos anos o São Paulo se acostumou a chegar em Itaquera com o favoritismo ao seu favor. Vivendo um momento melhor que o Corinthians, o Tricolor até dominou o rival em alguns dos últimos clássicos, mas sempre “bateu na trave”. Desta vez, entretanto, foi diferente.

“Já fizemos tantas grandes partidas aqui que merecíamos sair com a vitória. Não é porque o Corinthians vem de derrota que seria fácil, temos que respeitar o Corinthians, respeito total pelo Corinthians, pelo seu torcedor que dá show na arquibancada. Mas, a gente foi muito feliz, dominamos o jogo. Feliz pelos três pontos e pela vitória”, prosseguiu.

A partida desta terça-feira também foi a primeira de Rafinha na atual temporada. O lateral direito vinha se limitando a trabalhos personalizados nas últimas semanas, com controle de carga, para evitar qualquer tipo de problema físico.

“Queria jogar hoje. Fiz questão de começar a partida de hoje para eu entrar, ter ritmo de jogo, sentir o jogo novamente. Fazia quase dois meses que eu não jogava, tive uma lesão grave. Fiquei feliz de ter participado, já estava combinado. Adquirir confiança, jogo bom hoje, que era um clássico, para sentir de novo essa emoção de estar no gramado. Agora é preparar bem, porque domingo tem uma decisão”, concluiu.

O São Paulo volta a entrar em campo no próximo domingo, contra o Palmeiras, no Mineirão, pela Supercopa do Brasil, partida em que estará em jogo o primeiro título da temporada. O elenco, que ganhou folga nesta quarta-feira, se reapresenta na quinta, pela manhã, no CT da Barra Funda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!