Rodrigo Nestor busca engatar uma sequência como titular do São Paulo sob o comando do técnico Luis Zubeldía. Recuperado de uma grave lesão no joelho esquerdo, o jogador, que foi protagonista no ano passado, tem ganhado cada vez mais espaço com o treinador argentino, passando na frente, inclusive, de James Rodríguez na briga por uma vaga no meio-campo da equipe.

Rodrigo Nestor foi titular nos últimos dois jogos do São Paulo, contra Águia de Marabá, em Belém, pela estreia na Copa do Brasil, e, mais recentemente, contra o Vitória, domingo, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro.

O retorno de Nestor é visto com bons olhos no São Paulo. Internamente acredita-se que o jogador pode se tornar uma das referências técnicas do elenco, sobretudo por já ter amadurecido desde a sua promoção ao time profissional e ganhado mais confiança ao marcar o gol que deu o título inédito da Copa do Brasil ao Tricolor, no ano passado.

Se antes convivia com as fortes críticas, se tornando bode expiatório em fracassos do São Paulo, hoje Rodrigo Nestor conta com a gratidão dos são-paulinos e, inclusive, tem tido o apoio da maioria esmagadora dos torcedores para retomar seu status de titular desde que voltou a ficar à disposição.

Nestor é o segundo jogador do elenco do São Paulo que mais deu assistências, com 25 no total, atrás apenas de Lucas Moura, com 28. Agora sob o comando de Luis Zubeldía, ele espera manter a toada para seguir escrevendo seu nome na história do clube.

Ao contrário do ano passado, quando se acostumou a jogar como meia-esquerda com Dorival Júnior pela falta de pontas de velocidade no elenco, em 2024 Rodrigo Nestor tem sido utilizado mais centralizado, como meia-armador, mas com liberdade para circular pelas diferentes áreas do gramado. Caso seja titular nesta quarta-feira, contra o Cobresal, no Chile, pela Libertadores, ele deverá exercer função semelhante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!