O São Paulo tem um elenco recheado de jovens para a temporada. Nesta quinta-feira, por exemplo, o Tricolor divulgou a lista de inscritos na Copa Libertadores – a relação conta com 14 jogadores das categorias de base do clube, que já revelou grandes nomes em sua história.

No entanto, neste 2024, o técnico Thiago Carpini não tem dado oportunidades para muitos dos Crias de Cotia. Um nome entre eles, porém, se destaca. João Moreira é o atleta da base que mais acumulou minutos no ano e aproveitou as chances que teve de mostrar seu futebol.

Moreira não tem tido vida fácil no São Paulo este ano. Mesmo com Rafinha machucado, acabou se lesionando e viu a lateral direita ser ocupada por Igor Vinícius, que teve bom desempenho e conseguiu engatar uma sequência de jogos.

Contudo, o português foi capaz de disputar alguns minutos do mesmo modo. Em 2024, entrou em campo em cinco partidas, sendo que saiu do banco em três e foi titular em duas delas. Seu primeiro confronto na temporada foi contra a Portuguesa, quando entrou aos 22 minutos da etapa final.

Em seguida, atuou por 45 minutos contra o Corinthians, mas foi no título sobre o Palmeiras, na Supercopa do Brasil, que ganhou destaque. Apesar de ter entrado ‘na fogueira’ para substituir Rafinha aos 15 minutos do segundo tempo, o lateral deu conta do recado e teve grande desempenho.

Seguro na defesa e também oferecendo apoio ofensivo, Moreira foi bastante elogiado pelos torcedores são-paulinos após o Choque-Rei. O atleta salvou o São Paulo ao impedir um gol de Mayke, no segundo tempo, em cima da linha, o que fez a decisão se encaminhar para os pênaltis.

Depois da boa atuação contra o rival alviverde e com os dois laterais direitos lesionados, Moreira ganhou sua primeira oportunidade como titular no triunfo de 3 a 0 sobre o Água Santa no Paulistão. Voltou a assumir a vaga na rodada seguinte contra a Ponte Preta, e foi bem nas duas oportunidades.

Contudo, o lateral de 21 anos se lesionou e passou a ser desfalque para Carpini. Quando retornou de lesão, acabou perdendo espaço para Igor Vinícius. O defensor não foi utilizado contra Palmeiras e Ituano no Estadual, e nem chegou a ser relacionado para o duelo das quartas diante do Novorizontino, já que Rafinha voltou ao time.

Ainda assim, Moreira segue sendo o Cria de Cotia com mais oportunidades recebidas na atual temporada. Atrás dele, aparecem o também lateral Patryck, que jogou duas partidas, e o atacante William Gomes, que só acumula quatro minutos em campo, disputados contra o Água Santa.

Outros atletas das categorias de base do São Paulo que ainda não tiveram chances com Carpini são o zagueiro Matheus Belém; os volantes Felipe Negrucci e Iba Ly; o goleiro Young; o lateral direito Igor Felisberto; e, por fim, o meia Rodriguinho.

Com diversos jogadores de Cotia à disposição, o São Paulo terá pela frente a estreia da Libertadores contra o Talleres-ARG. A bola rola nesta quinta-feira, a partir das 21 horas (de Brasília), no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *