No último domingo, Luciano atingiu uma notável marca com a camisa do São Paulo. O atacante balançou as redes na suada vitória sobre o Ituano, alcançou os 70 gols e se isolou como o terceiro maior artilheiro da história do clube no século XXI.

O camisa 10 são-paulino foi importante na classificação tricolor às quartas de final da atual edição do Campeonato Paulista. Além de ter marcado o segundo gol diante do Galo Itu, o jogador também foi às redes nos triunfos contra Santo André e Inter de Limeira.

Até aqui, Luciano foi utilizado pelo técnico Thiago Carpini em todos as 13 partidas do São Paulo. Começou como titular em nove delas e foi reserva em quatro. Foram dois gols após integrar o 11 inicial e um após sair do banco de reservas.

Com isso, Luciano teve a oportunidade de igualar seus dois melhores inícios de ano vestindo a camisa tricolor. O jogador chegou ao seu terceiro gol contra o Ituano no domingo e, no recorte de 13 partidas, chega às mesmas marcas de 2021 e 2022.

Luciano chegou ao São Paulo em junho de 2020. Foi iniciar seu primeiro ano efetivamente em 2021, quando também balançou as redes três vezes em seus 13 primeiros duelos. Na ocasião, fez seu primeiro gol contra a Inter de Limeira, pelo Paulistão, e também marcou contra Corinthians e Mirassol.

Já em 2022 o camisa 10 sofreu com uma lesão e começou a temporada oscilando entre titulares e reservas. O primeiro gol anotado saiu apenas na 12ª rodada do Estadual, contra o Botafogo-SP. Em seguida, fez gols em dois jogos consecutivos: um contra o Ayacucho FC-PER pela Copa Sul-Americana, e um contra o Athletico-PR na estreia tricolor no Campeonato Brasileiro.

Em 2023, por outro lado, Luciano iniciou a temporada como titular da equipe, na época comandada por Rogério Ceni, e marcou duas vezes no recorte de 13 jogos – ambas no Estadual, contra Portuguesa e Corinthians, respectivamente.

Utilizado por Carpini em todos os jogos da atual temporada, Luciano pode seguir provando que continuará sendo peça importante da equipe ao longo do ano. O jogador marcou na primeira rodada do Estadual e, após um jejum de nove partidas, voltou a balançar as redes.

Duas rodadas depois, já foi às redes novamente e ajudou o São Paulo a se classificar para as quartas do Paulistão. Apesar de fazer um início de temporada instável, o camisa 10 pode retomar a confiança aos poucos e sua versatilidade pode ser muito útil durante a longa temporada que o time tem pela frente.

Nesta temporada, por exemplo, já foi atacante ao lado de Calleri, já fez a ponta direita e também já foi segundo atacante. Com uma possível ausência do argentino nas quartas de final, inclusive, pode assumir a vaga de titular no ataque tricolor.

Agora, se o camisa 10 quiser ir em busca de sua temporada mais artilheira no São Paulo, terá que suar a camisa. Sua temporada com mais gols foi em 2022, quando balançou as redes 21 vezes. Dessa forma, ainda precisa de mais 18 gols para igualar a marca, e 19 para ultrapassá-la.

Com Luciano à disposição, o São Paulo retorna a campo neste fim de semana. O Tricolor encara o Novorizontino por uma vaga nas semifinais do Paulista. A bola rola neste domingo, a partir das 18 horas (de Brasília), no Morumbis. O clube vai em busca de seu 23º título do torneio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!