Lucas deve desfalcar o São Paulo por pelo menos mais 15 dias com problema muscular na coxa esquerda. A lesão tirou o camisa 7 da final da Supercopa do Brasil, contra o Palmeiras, no domingo, em Belo Horizonte. A decisão foi vencida pelo Tricolor na disputa de pênaltis.

– Difícil dar uma previsão, mas acredito que uns 15 dias. Mas vamos trabalhar firme e forte. Estou trabalhando em três períodos para logo estar de volta – disse o jogador.

O meia-atacante do São Paulo viajou a Belo Horizonte como dúvida, mas antes de embarcar já sabia que não teria condições de jogo contra o Palmeiras. Fora do jogo, Lucas acompanhou o aquecimento do elenco de dentro do campo de tênis e não escondeu sua chateação:

– Eu estava baqueado (no aquecimento do time), muito difícil ficar fora de uma final. Mas faz parte do futebol. Estava ali procurando dar força para os meus companheiros. Já sabia que ia ficar fora, tudo foi mais uma estratégia para não falar pro adversário. Vou ficar uns dias fora tratando.

O meia-atacante acompanhou o jogo num camarote em que ficaram os jogadores não relacionados e os membros da diretoria. Lá, sofreu durante os 90 minutos e também na disputa de pênaltis. Depois, na live do ge, respondeu como é ser um jogador-torcedor:

– Procuro trazer isso, o espírito de torcedor dentro de campo. Tem que representar o torcedor, que muitas vezes chega tarde em casa, sai cedo pra trabalhar. Assimilar essa energia de fora do campo, dentro de campo.

Durante a comemoração, Lucas desceu para o campo, festejou com os atletas e até participou do pagode com Rafinha (veja abaixo). O jogador está descartado da partida contra o Água Santa, quarta-feira, 21h35, no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!