O presidente do São Paulo, Julio Casares, se manifestou através de suas redes sociais sobre o gol de Galoppo anulado nesta terça-feira, no empate em 1 a 1 com o Mirassol, fora de casa, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Galoppo marcou seu segundo gol logo aos 30 segundos do segundo tempo e virou o jogo para o São Paulo, porém, após revisão do VAR, o árbitro Lucas Canetto Bellote anulou o lance por um suposto impedimento de Calleri, que teria atrapalhado a visão do goleiro Alex Muralha no momento do arremate.

“Paulistão é, sem dúvida, um dos campeonatos mais importantes do Brasil. Responsável por excelente receita para os clubes, bem organizado, tradicional… uma pena que hoje um erro injustificável nos tirou os três pontos. Seguimos agora para a próxima rodada, contra a Portuguesa, no Morumbi”, escreveu Julio Casares.

O discurso do presidente vai de encontro ao que Giuliano Galoppo comentou após a partida e à opinião do técnico Thiago Carpini, que, embora tenha sido sutil, também contestou a decisão da arbitragem que tirou a vitória são-paulina em Mirassol.

Agora o Tricolor volta o foco para o compromisso do próximo sábado, contra a Portuguesa, às 18h (de Brasília), no Morumbi. Será o terceiro dos quatro jogos que o time disputará antes do primeiro grande desafio do ano, a Supercopa do Brasil, no dia 4 de fevereiro, contra o Palmeiras, no Mineirão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *