O São Paulo está de volta à Copa Libertadores após três anos. Nesta temporada, o Tricolor figura no Grupo B da competição e brigará por uma vaga no mata-mata da competição com Barcelona de Guayaquil-EQU, Talleres-ARG e Cobresal-CHI.

Para esta edição da Libertadores, o São Paulo terá à disposição um jogador que pode fazer a diferença: James Rodríguez. Nesta quinta-feira, o atleta foi inscrito no torneio junto ao restante do elenco e utilizará a camisa 55 para ajudar o Tricolor a retomar o prestígio internacional.

James voltará a disputar uma Libertadores após 14 anos. A última vez que o colombiano entrou em campo pela competição continental foi em 2010, quando defendia as cores do Banfield, da Argentina, ainda no início de sua carreira.

Naquela edição do campeonato, James Rodríguez foi um dos grandes destaques do Banfield. Apesar da equipe ter sido eliminada ainda nas oitavas de final, o meia esteve em campo nos oito jogos e balançou as redes cinco vezes.

O Banfield estava no Grupo 6, ao lado de Nacional-URU, Deportivo Cuenca-EQU e Club Atlético Morelia-MEX. James Rodríguez foi titular em todos duelos e estreou na Libertadores contra o time mexicano, marcando o primeiro gol na vitória por 2 a 1 de sua equipe.

Na segunda rodada, desta vez contra o Deportivo Cuenca, o colombiano não decepcionou e foi às redes novamente para fechar a goleada do Banfield por 4 a 1. Mas foi contra o Nacional, pela terceira rodada da primeira fase, que foi decisivo: deixou tudo igual no placar e fez o gol da virada. No entanto, mais tarde naquela partida, a equipe argentina acabou sofrendo o empate em 2 a 2.

Depois do embate contra o Nacional, o Banfield sofreu uma queda de desempenho, o que também afetou James. O meia não participou de gols por três jogos seguidos. Com isso, o clube argentino avançou ao mata-mata na segunda posição, com 11 pontos – foram três vitórias, dois empates e uma derrota.

Nas oitavas de final, o ex-time do jogador enfrentou o Internacional. Foi justamente no duelo de ida contra o rival brasileiro que o atleta voltou a balançar as redes, abrindo o marcador para o Banfield no triunfo de 3 a 1 sobre o Colorado.

No entanto, no jogo de volta, tudo desandou. James Rodríguez começou no 11 inicial da equipe argentina, mas acabou sendo expulso aos 37 minutos da segunda etapa ao receber o segundo cartão amarelo. No fim, o Banfield foi eliminado pelo Inter, que venceu por 2 a 0 e passou pelos gols fora de casa.

Naquela edição da Libertadores, James fechou com cinco gols marcados e nenhuma assistência. O meia não terminou no topo da artilharia por uma diferença de três gols para Thiago Ribeiro, que na época jogou pelo Cruzeiro e fez oito gols.

Com James Rodríguez podendo ser decisivo em seu retorno à Libertadores depois de 14 anos, o São Paulo fará sua estreia. O Tricolor entra em campo contra o Talleres nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *