Giuliano Galoppo vem recuperando seu espaço no São Paulo após a chegada do técnico Luis Zubeldía. Sob o comando de Thiago Carpini, o meia argentino teve dificuldades para ganhar sequência, mas agora com o novo treinador tem sido acionado frequentemente, se transformando em uma das primeiras escolhas do novo treinador.

Galoppo participou de sete dos oito jogos de Luis Zubeldía à frente do São Paulo. O camisa 8 tricolor só não entrou em campo no empate sem gols com o Palmeiras, no Morumbis, pelo Campeonato Brasileiro.

Das sete partidas em que esteve em campo, Galoppo foi titular em três. Sob o comando de Zubeldía, o argentino já deu duas assistências e, aos poucos, vai recuperando sua confiança e, claro, ritmo de jogo.

Semanas atrás, chegou a ser especulada a saída de Galoppo do São Paulo pela falta de espaço com Carpini. O jogador teve seu nome vinculado a clubes italianos, mas, pelo menos por enquanto, o clube não pretende negociá-lo, a não ser que receba uma proposta irrecusável.

Giuliano Galoppo chegou ao São Paulo em julho de 2022. O volante se tornou a contratação mais cara da história do clube, que desembolsou cerca de R$ 30 milhões para contar com uma das principais promessas do futebol argentino.

Embora tenha sido acionado com frequência por Zubeldía, Galoppo não deve ser titular no duelo da próxima quarta-feira, com o Talleres, às 21h30 (de Brasília), no Morumbis, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Valendo a liderança da chave, Zubeldía deverá escalar o time considerado “ideal”, que atuou nos principais jogos sob seu comando. Desta forma, o meio-campo seria formado por Alisson, Bobadilla e, provavelmente, Luciano ou Michel Araújo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!