Thiago Carpini viveu um dia de muito trabalho, dúvidas e interações com certa frieza na reapresentação do São Paulo depois da derrota para o Fortaleza, na estreia do Brasileirão, na última segunda-feira.

Mantido no cargo, o treinador comandou a atividade do dia no campo e iniciou a preparação para o jogo que pode definir seu futuro no clube, contra o Flamengo, quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. Nesta terça, conduz mais uma atividade antes da viagem ao Rio de Janeiro.

Aposta da diretoria após os bons trabalhos em 2023 por Água Santa e Juventude, o treinador ficou praticamente isolado após a última derrota, sem receber apoio interno da diretoria, que passou os últimos dias tentando segurar a pressão nos bastidores do Morumbis pela demissão do treinador de 39 anos.

Sem se manifestar em entrevistas ou em suas redes sociais, o presidente Julio Casares passou a receber indicações de nomes que podem substituir o treinador em caso de derrota para o Flamengo. Caso decida por esse caminho, porém, o São Paulo terá de arcar com multa de R$ 2 milhões prevista no contrato.

Buscando sobreviver à pressão, Carpini conviveu o dia inteiro com especulações sobre a possibilidade de sua demissão e até sobre a suposta busca do clube por um substituto para o seu lugar.

No cargo há três meses, o jovem treinador acumula 17 jogos pelo São Paulo, com sete vitórias, seis empates, quatro derrotas e um aproveitamento de 52,9%. Com ele no banco, o Tricolor venceu a Supercopa do Brasil, contra o Palmeiras, e caiu nas quartas de final do Paulistão.

Próximos jogos do São Paulo:
17/4 – 21h30 (de Brasília) – Flamengo x São Paulo – Maracanã – Brasileirão
21/4 – 18h30 (de Brasília) – Atlético-GO x São Paulo – Antônio Accioly – Brasileirão
25/4 – 21h (de Brasília) – Barcelona-EQU x São Paulo – Monumental – Libertadores
29/4 – 20h (de Brasília) – São Paulo x Palmeiras – Morumbi – Brasileirão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!