O atacante Erick está pedindo passagem no time titular do São Paulo. O jogador entrou bem no segundo tempo pelo segundo jogo seguido e foi decisivo para o empate com o Red Bull Bragantino, no último sábado, no Morumbi, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Erick já havia mostrado as credenciais no clássico diante do Santos, na última quarta-feira. Ele chegou a balançar as redes e igualar o marcador nos últimos minutos da partida, mas o tento foi anulado por um toque da bola na mão do jogador.

Desta vez, o atacante entrou no lugar de Nikão e melhorou a movimentação ofensiva do time no lado direito. Mesmo com o São Paulo tendo um a menos, após a expulsão de Arboleda, ele marcou um gol e deu passe para Carille buscar a virada. O Tricolor acabou sofrendo outro gol no fim e cedeu o empate ao Bragantino.

Após a partida, o técnico Thiago Carpini justificou a entrada de Erick apenas no segundo tempo. O treinador revelou que o atacante não havia treinado nos dois dias que antecederam o jogo por um inchaço no joelho.

“Uma coisa que o torcedor e vocês (imprensa) não têm pós-pandemia é o dia a dia, e é o que sustenta. Vi que o Erick entrou muito bem nesse jogo e no anterior, mas não treinou nesses dois dias, estava com o joelho muito inchado por uma entrada, talvez não tivesse condições de jogar. Fez trabalhos, mas não foi a campo para poder jogar no sacrifício hoje e participar um pouco”, disse o comandante.

Se não voltar a sentir problemas físicos, Erick pode ser testado como titular no São Paulo no jogo diante do Guarani, no domingo. Com Nikão em baixa e Wellington Rato ainda se recuperando de uma lesão muscular, ele pode receber uma oportunidade.

O Tricolor enfrenta o Bugre na tarde deste domingo, às 18h (de Brasília), em Campinas. O duelo, válido pela décima rodada do Paulistão, servirá para a equipe tentar reencontrar o caminho das vitórias após três partidas seguidas sem vencer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *