A torcida do São Paulo ganhou um motivo de preocupação pouco depois de o time tricolor vencer o Fluminense por 1 a 0, neste sábado, no Morumbi. A causa: uma possível ausência de Calleri na partida contra o Palmeiras, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Em entrevista coletiva, Dorival Júnior se mostrou pessimista em relação ao retorno do argentino no Choque-Rei que abre as quartas de final do torneio de mata-mata.

– Em relação ao Calleri, dificilmente o teremos para o meio de semana.

Na última terça-feira, Calleri saiu da partida contra o Tigre, pela última rodada da Sul-Americana, reclamando de dores nas costas após sofrer uma pancada. Neste sábado, Juan foi o substituto do argentino.

– Colocamos o Calleri naquela partida para termos 45 minutos em uma intensidade maior e, de repente, ele sofreu essa lesão. No dia seguinte, o Beraldo, que também havíamos segurado, salta numa bola e cai em cima do pé do Diego. Não tem uma lógica, não tem uma receita, futebol não é assim. Saí aquele dia pensando seriamente: errei o que pensei para a equipe. No dia seguinte, acontece aquele fato. Não tem como você mensurar nada, preparar nada, é rodada a rodada, dia a dia. Daqui a pouco, nos apresentaremos e num trabalho lúdico qualquer, o jogador pode sentir.

Dorival Júnior também falou sobre as situações de Wellington e de Alexandre Pato – o atacante foi apresentado há mais de um mês e ainda não foi relacionado.

– O Wellington eu acho um pouco cedo, fez pouco trabalhos com bola, acho que vai levar um tempo maior. Pato está se aproximando, ainda indefinido, mas se aproximando de uma possibilidade. Vamos aguardar se aproximar um pouco mais (do jogo) para definir.

– Todos sabem o potencial do Palmeiras, temos que jogar nesse nível para cima, não tem jeito, não tem outro caminho. É uma equipe que vem mantendo regularidade ao longo dos últimos anos, vamos precisar de muito para ter merecimento ao final das duas partidas – analisou o treinador do São Paulo.

O Choque-Rei da próxima quarta-feira será disputado no Morumbi, às 19h30, e válido pelo confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O jogo de volta será disputado no Allianz Parque, no dia 13, às 20h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *