O técnico Dorival Júnior, do São Paulo, justificou as oito alterações no time titular que iniciou o empate por 1 a 1 contra o Athletico-PR, na Ligga Arena. O comandante são-paulino ainda manifestou incômodo pela falta de vitórias como visitante no Brasileirão, embora evite pressionar a equipe para buscar três pontos longe do Morumbi.

Entre as alterações no time, além dos substitutos do suspenso Rafinha e do lesionado Lucas, Dorival optou por preservar nomes como Beraldo e Caio Paulista, titulares da defesa.

– Trabalho com uma equipe e não com onze jogadores. Eles têm consciência disso e estão preparados, prova disso é o jogo de bom nível que fizemos hoje. Independentemente dos nomes que foram a campo, eles deram uma resposta positiva. E o São Paulo sempre foi desde a nossa chegada um grupo – disse.

– Desde a minha primeira escalação até hoje, foram raros os momentos que mantivemos a mesma equipe atuando, então curiosamente na última perdida que foi assim, mas desde abril eu trabalho com todos os jogadores e espero que eles estejam preparados para entrar em campo e desenvolver o seu melhor – declarou.

Apesar dos elogios pelo nível apresentado diante do Athletico, Dorival vê o time mais uma vez sem vencer fora de casa. Foram 15 jogos longe do Morumbi no Brasileirão e nenhum resultado positivo. É o maior jejum da história do clube em campeonatos nacionais.

Dorival reconhece o incômodo pela falta de resultados fora de casa, mas evita colocar uma carga extra sobre o grupo nesta reta final de ano. O São Paulo ainda vai jogar mais quatro jogos como visitante no Brasileirão.

– É natural que incomode são números e situações que você fica se batendo um pouquinho, mas entendo também que tudo que aconteceu ao longo desse período e a forma como conduzimos, se tivéssemos feito jogos muito abaixo dos adversários, aí sim causariam uma preocupação grande, mas não foi assim – defendeu-se.

– O número preocupa, mas não valorizamos tanto quanto falam. Para mim o mais importante é termos a postura que temos tido fora de casa, assim como em casa, com segurança e equilíbrio. Aqui, contra um adversário duríssimo, tivemos por muitos momentos essa postura, em outros o Athletico realmente acabou sendo superior – disse.

O resultado de igualdade deixou o São Paulo com 39 pontos e na zona intermediária de classificação. O próximo compromisso do Tricolor será na quinta-feira, às 20h (de Brasília), contra o Cruzeiro, no Morumbi, onde a equipe tem rendido bem no Brasileirão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *