Finalista da Copa do Brasil e nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Em ambas as competições eliminatórias o São Paulo teve de reverter a vantagem do rival construída nos jogos de ida, contando com o Morumbi como trunfo para as partidas de volta. Além disso, o time comandado por Dorival Júnior, mesmo com um orçamento mais modesto, vem conseguindo competir contra os principais times do futebol brasileiro, independentemente do torneio. Por essas e outras, o zagueiro Diego Costa não tem dúvidas: o Tricolor é, hoje, uma das potências do País.

“Se a gente não é o melhor [time], estamos entre os melhores. Temos um elenco muito forte, com grandes jogadores, muitas peças para o Dorival poder repor. Estamos muito unidos também, isso que é importante”, disse o zagueiro são-paulino.

De fato, o São Paulo vem provando dentro de campo as falas de Diego Costa. O Tricolor é o único clube do Brasil que ainda está disputando três competições, com chances reais de título em duas delas. Justamente por isso, não dá para priorizar um torneio ou outro. O técnico Dorival Júnior vem fazendo de tudo para manter a competitividade e padrão de jogo apesar da maratona de partidas.

“Não tem prioridade. A gente pensa jogo a jogo. Viemos do ano passado muito bom também. É a continuação de um trabalho que estamos fazendo. Temos que disputar títulos, seja na Sul-Americana, Copa do Brasil ou Campeonato Brasileiro”, prosseguiu Diego Costa.

O zagueiro são-paulino faz parte da estratégia da comissão técnica para atingir os objetivos traçados. Embora não seja titular, Diego Costa vem atuando com mais frequência à medida que as competições vão afunilando e tem dado conta do recado, embora os resultados no Campeonato Brasileiro não estejam acontecendo.

Com o empate sem gols com o Botafogo, líder da competição, no último sábado, o São Paulo chegou a cinco jogos consecutivos sem vitória no Campeonato Brasileiro. Porém, dadas as circunstâncias e considerando o ótimo desempenho da equipe nas Copas, pelo menos por enquanto essa constatação não preocupa.

“Acho que controlamos grande parte do jogo, fizemos um grande jogo contra o líder do campeonato, com um time que não vinha jogando junto há muito tempo. Fica a entrega, dedicação. Brigamos pelo resultado até o final do jogo e acho que merecíamos a vitória”, concluiu o defensor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *