O São Paulo tem mais uma preocupação com lesão em 2023. Isso porque o atacante David, que entrou na vaga de Michel Araújo no decorrer da derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG, deixou o Morumbi de muletas no domingo (6).

O jogador sentiu a contusão na reta final do jogo e não foi substituído. Ele deixou o estádio para realizar exames, mas o clube ainda não divulgou novidades sobre o caso. Em abril deste ano, o atacante teve um problema no joelho e retornou somente no mês seguinte.

– Foi um trauma bem delicado. Atingiu joelho, tornozelo e o pé. Então, o doutor está levando o David para exames, nós temos que aguardar para confirmar tudo isso – afirmou Dorival Júnior, em coletiva de imprensa após a partida.

Ao que tudo indica, David não deve estar apto para enfrentar o San Lorenzo na quinta-feira (10), pelo jogo de volta da Copa Sul-Americana. O São Paulo precisa reverter um placar adverso de 1 a 0, pois perdeu por este resultado na primeira partida.

MAIS DESFALQUES

Virou rotina no São Paulo ficar com o departamento médico cheio neste ano, e o time chegou a ter 13 atletas com lesão de uma vez. Para o confronto com o San Lorenzo, é possível que sejam nove ausências.

Entre os lesionados estão: Igor Vinícius (transição após cirurgia no púbis), Gabriel Neves (fratura na costela), Patryck (lesão no tornozelo), Galoppo (cirurgia no joelho) e Erison (estiramento na coxa). O grupo de cinco jogadores agora fica maior com a adição de David.

Dois que não estão contundidos — porém impossibilitados de enfrentarem a equipe argentina — são os reforços Lucas Moura e James Rodríguez. O atacante reestreou com a camisa tricolor contra o Galo e atuou por mais de 50 minutos, mas não está inscrito nas oitavas de final da Sul-Americana. Ainda adquirindo a melhor forma física e ritmo de jogo, o colombiano também não consta entre os atletas regularizados para entrar em campo.

– James é muito cedo. Em relação à caída, se tivesse queda física seria uma queda coletiva. Mas lances pontuais estão sendo decisivas, pequenos erros têm nos tirado oportunidade resultados, é diferente. É uma situação natural, você tem que ter consciência e preocupação quando as coisas não acontecem coletivamente, e não é isso. Nós mantemos estrutura, comportamentos, não perdemos nossa organização durante os jogos – afirmou Dorival, sobre James e o estado físico do elenco são-paulino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *