O São Paulo fará neste sábado o oitavo clássico na temporada sob o comando do técnico Dorival Júnior. Contra o Corinthians, às 18h30, no Morumbi, o treinador defenderá um bom aproveitamento em jogos contra os principais rivais.

Nos sete clássicos anteriores, o São Paulo venceu quatro, empatou um e perdeu dois – conquistou 62% dos pontos.

O primeiro foi justamente contra o Corinthians, no primeiro turno do Brasileiro, em Itaquera. Um 1 a 1 com muitas reclamações tricolores com a arbitragem.

Depois, em casa, pelo mesmo campeonato, derrota para o Palmeiras por 2 a 0.

O duelo com a equipe alviverde se repetiu nas quartas de final da Copa do Brasil.

Assim como no ano passado, o São Paulo eliminou o Palmeiras, desta vez com duas vitórias: 1 a 0 no Morumbi, 2 a 1 no Allianz Parque.

Empolgado com a classificação, só três dias depois o São Paulo recebeu o Santos no Morumbi no que talvez tenha sido a melhor atuação da equipe desde a chegada de Dorival, em abril.

Contra um rival em crise, goleou por 4 a 1, um placar que poderia ter sido ainda maior.

O São Paulo mais uma vez cruzou com um adversário tradicional nas semifinais da Copa do Brasil. Perdeu o primeiro jogo para o Corinthians, na Neo Química Arena, por 2 a 1, mas virou o confronto e se classificou ao vencer por 2 a 0 no Morumbi com atuação memorável de Lucas.

Agora, São Paulo e Corinthians se reencontram no Brasileiro em situações muito parecidas. Os tricolores estão na 10ª posição, com 31 pontos, enquanto os alvinegros estão uma colocação abaixo, com 30 pontos – ambos ainda relativamente próximos da zona de rebaixamento, que tem o Bahia na 17ª posição, com 25 pontos.

Dorival deve escalar força máxima no duelo, já que poupou jogadores na partida contra o Coritiba, quarta.

Uma escalação provável tem Rafael; Rafinha, Diego Costa, Beraldo e Caio Paulista; Pablo Maia, Alisson, Rodrigo Nestor e Wellington Rato; Lucas e Calleri.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *