O São Paulo está classificado à próxima fase do Campeonato Paulista. Neste domingo, a equipe derrotou o Ituano no Estádio Novelli Júnior, em Itu, por 3 a 2, e garantiu a vaga no mata-mata do torneio. Ferreira, Luciano e Lucas foram os responsáveis pelos gols do Tricolor, o último deles de pênalti, nos acréscimos.

Nas quartas de final, o Tricolor irá enfrentar o Novorizontino, que venceu a Portuguesa por 2 a 0 neste domingo e se classificou no segundo lugar da chave.

A equipe de Thiago Carpini chegou a ficar de fora da próxima fase em determinado momento do duelo, mas como só dependia de si, assegurou a vaga com o triunfo. O time terminou a primeira fase no primeiro lugar do Grupo D, com 22 pontos, mesma pontuação do segundo colocado, Novorizontino.

Já o Ituano acabou sendo rebaixado à Série A2 do Paulistão. O Galo, que dependia de outros resultados, não fez a sua parte e ficou na última posição da classificação geral, com apenas seis pontos.

O São Paulo ainda não sabe quando retornará a campo, pois a FPF (Federação Paulista de Futebol) ainda não definiu as datas das quartas de final do Estadual. O confronto contra o Novorizontino, que não tem horário confirmado, terá mando do Tricolor.

O jogo

O São Paulo teve boa chance para abrir o placar logo aos três minutos. Calleri ganhou do marcador no corpo e partiu em direção à área, mas foi desarmado. Ferreirinha ficou com a sobra e chegou chutando, mas Jefferson Paulino fez a defesa.

Lutando para não cair, o Ituano respondeu aos 13 minutos. Person cruzou na medida para Thonny Anderson, que só escorou de cabeça e viu Rafael espalmar.

Com o gramado encharcado pela forte chuva que caiu em Itu antes da bola rolar, o São Paulo apresentava dificuldade de jogar com a bola no chão. E foi pelo alto que a equipe abriu o placar. Após cobrança de escanteio, Calleri cabeceou para o meio de área e Ferreira completou para o fundo das redes: 1 a 0 a favor do Tricolor.

Não demorou muito tempo e o Galo deixou tudo igual no Novelli Júnior. Aos 26 minutos, Vinícius Paiva fez uma boa jogada pela direita e cruzou fechado na pequena área para Zé Carlos, que testou firme e empatou a partida.

Aos 33, Luciano quase marcou o segundo do São Paulo. Após boa troca de passes na entrada da área, o jogador ficou com a bola de frente para Jefferson Paulino e chutou no meio do gol, mas o goleiro defendeu.

Em seguida, porém, o camisa 10 balançou as redes e fez 2 a 1 para o Tricolor. Igor Vinícius cruzou na área e Jefferson Paulino mandou para longe, mas o lateral ficou com a sobra e tocou para Luciano, que tirou do goleiro e recolocou os são-paulinos em vantagem.

Segundo tempo

Ao contrário da etapa inicial, o começo do segundo tempo foi morno e com poucas chances. A primeira oportunidade só foi surgir aos 16 minutos, quando Juan disparou pela ponta direita e chutou forte, mas Paulino defendeu.

Aos 36 minutos, o Ituano respondeu com José Aldo. O atacante recebeu com liberdade na entrada da área e arriscou de longe, em um chute rasteiro, mas Rafael agarrou em dois tempos. Aos 43, após um cruzamento na área, Zé Carlos ficou com a sobra e colocou no fundo das redes.

Em um fim de jogo emocionante, ainda deu tempo do São Paulo fazer o terceiro e buscar a classificação já no final da partida. Nos acréscimos, o marcador do Ituano derrubou Juan na área e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, foi Lucas o responsável pelo gol que classificou o Tricolor.

FICHA TÉCNICA
ITUANO 2 X 3 SÃO PAULO

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 10 de março de 2024 (domingo)
Horário: às 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Rafael Tadeu Alves de Souza
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões amarelos: Thonny Anderson (Ituano); Diego Costa (São Paulo)
Cartões vermelhos: Bruno Alves (Ituano)
Público: 10.864 torcedores
Renda: R$ 725.090,00

GOLS: Ferreira, aos 18′ do 1ºT (São Paulo); Zé Carlos, aos 26′ do 1ºT (Ituano); Luciano, aos 35′ do 1ºT (São Paulo); Zé Carlos, aos 43′ do 2ºT (Ituano); Lucas, aos 50′ do 2ºT (São Paulo)

ITUANO: Jefferson Paulino; Léo Oliveira (Bruno Alves), Marcel, Vitão (Salatiel) e Léo Duarte; Miquéias, Thonny Anderson (Pablo) e Person (Vialle); Marlon; Vinícius Paiva (José Aldo) e Zé Carlos.
Técnico: Alberto Valentim

SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius (Rafinha), Arboleda, Ferraresi e Welington; Alisson e Bobadilla (Michel Araújo); Luciano (Diego Costa), Lucas e Ferreirinha (James Rodríguez); Calleri (Juan).
Técnico: Thiago Carpini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *