Campeão da Copa do Brasil e de volta à disputa da Conmebol Libertadores, o São Paulo terá calendário cheio em 2024, com até 81 jogos a disputar na próxima temporada.

Essa conta, por óbvio, depende do desempenho do time em campo nos torneios com mata-mata, casos do Paulista, Copa do Brasil e Libertadores.

A temporada tricolor começa no fim de semana de 21 de janeiro, com a estreia no estadual contra o Santo André. O Paulista tem 16 datas previstas, sendo 12 jogos garantidos da fase de grupos – mais quartas, semifinal e jogos de ida e volta da final – e termina em 7 de abril.

Além do estadual, o São Paulo só jogará a Supercopa do Brasil nos primeiros três meses de 2024. Será a primeira vez que o clube disputará a taça.

Em jogo único, enfrentará o Palmeiras, campeão brasileiro, em 3 de fevereiro, mas o local ainda não foi definido.

Para o começo de abril – antes da segunda partida da final do Paulista – está marcada a primeira rodada da fase de grupos da Libertadores, na semana do dia 3. O torneio, que o São Paulo não joga desde 2021, termina em 30 de novembro. São seis jogos garantidos na fase de grupos, além de partidas de ida e volta nas oitavas, quartas e semifinal. A decisão continua em jogo único em campo neutro, indefinido.

O Brasileiro, com suas 38 rodadas, começa uma semana depois das decisões estaduais, no fim de semana do dia 14 de abril. A competição termina em 8 de dezembro e não será interrompida durante a disputa da Copa América, em julho, nem para as Olimpíadas de Paris, entre julho e agosto.

Por estar na Libertadores, o São Paulo só estreia na Copa do Brasil na terceira fase, a partir de 1º de maio. Precisará fazer dez jogos de mata-mata para buscar o bicampeonato.

Os confrontos restantes dependerão da campanha tricolor na Libertadores. Em caso de título, há a possibilidade de jogar um novo torneio previso pela Fifa em substituição ao Mundial de Clubes anual, que terá a última edição em 2023 – a competição será ampliada, mas quadrienal, a partir de 2025.

Em março, a entidade informou a intenção de criar um torneio anual entre campeões continentais, mas com formato diferente. Uma hipótese é a de que o vencedor da Libertadores enfrente o campeão da Champions da Concacaf, numa chave. Em outra, um triangular envolveria os campeões da África, Ásia e Oceania. Os vencedores das duas chaves se enfrentariam para decidir quem encararia o campeão europeu.

Caso não avance aos mata-matas da Libertadores, mas termine em terceiro de seu grupo, o São Paulo jogará a Copa Sul-Americana, a partir dos play-offs.

Veja todas as competições que o São Paulo jogará em 2024 e as datas previstas:

Paulista, 21 de janeiro a 7 de abril
Supercopa, 3 de fevereiro
Libertadores, 3 de abril a 30 de novembro
Brasileirão, 14 de abril a 8 de dezembro
Copa do Brasil, 1 de maio a 10 de novembro

Se tiver sucesso em todos os torneios, o São Paulo poderá fazer 81 jogos em 2024, assim como aconteceu em 2021 – naquele ano, porém, o calendário foi impactado pela pandemia de Covid-19 e a reta final do Brasileiro de 2020 foi disputada em janeiro e fevereiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *