O São Paulo voltou a vencer depois de quatro jogos de jejum, fez 3 a 0 na Inter de Limeira em Brasília e de quebra assumiu a liderança do Grupo D do Paulistão, com 18 pontos ganhos.

Em entrevista coletiva, o técnico Thiago Carpini elogiou a partida de James Rodríguez, que voltou ao time semanas depois de quase deixar o São Paulo. O colombiano entrou na metade do segundo tempo, participou do segundo gol do time, de Luciano, e marcou o terceiro, no último lance do jogo.

O treinador, porém, pregou cautela com esse retorno e deu a entender que deve manter James entre os reservas nas próximas partidas.

– A partir do momento que vira a chave e ele se sente feliz e importante no processo, ele volta a fazer parte do clube e é tecnicamente indiscutível – afirmou Carpini, que depois fez as ressalvas.

– Ele está num estágio físico diferente, compromete um pouco. É uma referência técnica que temos. Ele perdeu um período importante de preparação, mas ganhamos uma opção, vamos evoluir de maneira gradativa, com cautela. James jogou muito bem por 20 minutos, ele se dispôs a ajudar dentro e fora de campo. Estou muito feliz – completou o treinador.

James ainda não tinha atuado sob o comando de Carpini. Descontente, chegou a pedir ao clube que rescindisse seu contrato, o que a diretoria aceitou, mas não houve acordo. Na semana passada, o jogador reconsiderou o pedido e voltou a fazer parte dos planos da equipe.

Carpini também admitiu incômodo com a série de quatro partidas sem vitórias que antecedeu o duelo contra a Inter, e ressaltou a força coletiva do Tricolor.

– Claro que incomoda, mereceríamos resultados melhores em partidas anteriores, mas não aconteceu. Isso talvez nos fortaleça mais como coletivo, mostre um caminho a ser retomado. A gente voltou à nossa essência de ter um coletivo forte, competitividade nítida.

O técnico também comentou sobre a suspensão de Calleri, que tomou o terceiro cartão amarelo contra a Inter e não enfrentará o Palmeiras, domingo.

– Calleri é uma perda grande, mas procuro não lamentar, mas valorizar as oportunidades. Ainda não sei o que vou fazer, conhecemos bem o rival, eles também nos conhecem. Vamos pensar com calma – afirmou.

A próxima rodada traz o último clássico do Tricolor na fase de grupos: o duelo contra o Palmeiras, domingo, às 20h, no Morumbis, pela 11ª rodada do Paulistão. Os times se reencontram após a disputa da Supercopa, quando o São Paulo levou a taça nas penalidades depois de um empate sem gols.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *