O São Paulo saiu de Itaquera, na última terça-feira, com preocupações além da derrota por 2 a 1 para o Corinthians, na semifinal da Copa do Brasil. O Tricolor também terá que lidar com mais um problema médico de Calleri.

O atacante vive uma temporada marcada por lesões e que tem tirado o jogador de momentos importantes do Tricolor. Na última terça, ele deixou o gramado aos 25 minutos do primeiro tempo com dores na coxa direita e preocupa pela forma com que saiu.

Esta pode ser a terceira lesão de Calleri em 2023. Em fevereiro, ele teve uma lesão no tornozelo direito que abriu até uma discussão se seria para cirurgia ou não. Ele optou por fazer um tratamento convencional, mas mesmo assim não conseguiu disputar as quartas de final do Campeonato Paulista.

O São Paulo perdeu para o Água Santa naquela ocasião e foi eliminado do torneio. Calleri voltaria apenas em abril, contra o Ituano, pela Copa do Brasil. O tornozelo se tornou um incômodo desde então.

Há cerca de um mês, o argentino viveu um novo drama, desta vez nas costas. Em partida contra o Tigre, da Argentina, na Sul-Americana, ele sofreu uma pancada e ficou dois dias sem conseguir treinar. A sua presença no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Palmeiras, inclusive, foi colocada em cheque.

Após uma intensa recuperação, Calleri conseguiu disputar os primeiros 45 minutos do clássico e foi substituído com dores. Ele foi preservado no jogo seguinte para conseguir atuar os 90 minutos no jogo da volta.

Na noite da última terça, portanto, ele era uma das principais esperanças do São Paulo contra o Corinthians. Recuperado de dores e bem fisicamente, o atacante podia fazer a diferença diante de um adversário que ele conhece bem.

Mas a sua participação durou apenas 25 minutos. Calleri caiu no gramado com dores, precisou ser atendido e não conseguiu prosseguir no confronto. Agora, o problema é na coxa direita.

O camisa 9 do Tricolor deve ser avaliado nesta quarta-feira para saber a gravidade da lesão. Na entrevista coletiva, Dorival Júnior minimizou, mas não deu detalhes sobre o problema.

– O Calleri eu acredito que ele tenha sentido algo e para não agravar pediu substituição – disse.

Por estar suspenso no Brasileirão, o argentino já não iria a campo no próximo domingo, às 11h, diante do Bahia, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Na sequência, o Tricolor tem duelo com o San Lorenzo, nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, terça-feira, fora de casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *