O meia-atacante Alisson vive um roteiro digno de filme pelo São Paulo. Criticado pela torcida no começo deste ano, o jogador se encontrou em uma nova posição e vive seu melhor momento desde que chegou ao clube.

Afastado do início da temporada por problemas pessoais, o atleta demorou a cair nas graças da torcida. Ele passou a ganhar mais espaço com Dorival, que mudou seu posicionamento em campo. Anteriormente, comandado por Rogério Ceni, ele atuava como um atacante pelos lados do campo.

Com o novo treinador, Alisson começou a disputar uma vaga como segundo volante com Gabriel Neves, ao lado de Pablo Maia. Aos poucos, provou seu valor e conquistou a titularidade.

A boa fase do jogador ficou nítida no Maracanã, pelo primeiro jogo da final da Copa do Brasil, diante do Flamengo. O atleta dominou o meio de campo e apresentou números expressivos na vitória do São Paulo por 1 a 0, na tarde do último domingo.

O jogador acertou 37 de 39 passes, fez cinco lançamentos e concretizou seis ações defensivas. Além disso, foram quatro duelos vencidos por Alisson.

O atleta chegou a ser substituído no decorrer do segundo tempo, com dores, mas Dorival tranquilizou a torcida são-paulina na entrevista coletiva. O treinador afirmou que fez a alteração por uma questão de cansaço físico. Alisson saiu de campo ovacionado pelos torcedores que viajaram ao Rio de Janeiro.

“Não, não foi nenhuma lesão. Foram cãibras, assim como aconteceu com dois ou três jogadores. De novo, preciso relacionar com o jogo do meio de semana, contra o Internacional, em que houve um desgaste excessivo. O campo estava super pesado”, justificou.

Confira este e outros vídeos em videos.gazetaesportiva.com
Alisson, portanto, deve ficar à disposição do São Paulo para o segundo jogo da final. A partida está marcada para domingo que vem, às 16h (de Brasília), no Morumbi. O Tricolor pode garantir a taça com um simples empate diante do seu torcedor.

Antes disso, o time entra em campo pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe enfrenta o Fortaleza nesta quarta-feira, às 21h30, no estádio são-paulino. Há sete jogos sem vencer na Série A, o São Paulo caiu para o 13º lugar da tabela, com 28 pontos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *